A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

F

FCVS

Fundo de Compensação das Variações Salariais.

FGTS

Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

Fiador

Aquele que presta uma fiança. Quem se responsabiliza pelo pagamento de uma dívida contraída por outra pessoa. O credor não é obrigado a aceitar o fiador escolhido se este não for pessoa idônea, domiciliada no município onde tenha de prestar a fiança e não possua bens suficientes para desempenhar a obrigação. Se o fiador se tornar insolvente ou incapaz, o credor pode exigir que seja substituído.

Fiança

É o ato ou contrato que dá ao credor uma segurança de pagamento, que se efetiva mediante promessa de terceiro (fiador, estranho à relação jurídica) de assumir ou assegurar, no todo ou em parte, o cumprimento da obrigação do devedor. A fiança completa a insuficiência patrimonial do devedor com o patrimônio do fiador. Se o devedor não pagar o débito ou se seus haveres forem insuficientes para cumprir a obrigação assumida, o credor poderá voltar-se contra o fiador, reclamando o pagamento da dívida.

Financiamento

Operação bancária pela qual o banco antecipa créditos que o cliente (pessoa física ou jurídica) irá receber, com o objetivo de emprestar-lhe certa soma e proporcionar-lhe recursos necessários para a realização de certo negócio ou empreendimento.

Financiamento Direto

Forma de pagamento na aquisição de imóvel em que o próprio incorporador concede financiamento ao comprador.

Financiamento Imobiliário

Custeamento das despesas de construção ou aquisição de um imóvel. Contrato pelo qual um agente financeiro fornece o dinheiro necessário para a aquisição ou construção de um imóvel, geralmente sob garantia de hipoteca ou alienação fiduciária, para posterior pagamento sob a forma de prestações que compreendem a amortização do capital e respectivos juros, bem como taxas de administração e seguro.

Fração Ideal

Coeficiente ou percentual de participação no terreno relativo à unidade autônoma.

Fundo de Garantia por Tempo de Serviço

Conta de poupança aberta pelo empregador em nome do empregado. Conforme determinação legal, mensalmente o empregador deve depositar 8% do salário de seu funcionário nesta conta – que rende juros e tem correção monetária. O saldo do FGTS pode ser resgatado pelo empregado caso ele seja demitido ou queira comprar um imóvel que se enquadre nas regras do SFH, entre outras condições.

Simule seu financiamento

Tipo de Produto:

Residencial
Terreno / Lote
Comercial
Construção
Valor do Imóvel:
R$
Valor de Entrada: Min: 20% do valor do imóvel
R$ 
Taxa de Juros*:
% ao ano
Prazo:
anos
Sua Idade:
anos

* As taxas de juros são customizadas de acordo com o perfil de cliente. O preenchimento deste campo é opcional. Caso não seja preenchido, serão utilizadas as taxas médias praticadas (consulte as taxas de juros indicativas clicando aqui).

Simular

Solicite informações customizadas
aos nossos consultores.

(11) 3882-4148 | (11) 3882-4082